Produtos

Queijo Terrincho - DOP

Tipo

Queijos de leite de ovelha

Região

Trás-os-Montes e Alto Douro

Descrição

Designa-se por "Queijo Terrincho" o queijo curado, de fabrico artesanal, obtido por esgotamento lento da coalhada, após coagulação do leite cru estreme de ovelhas da raça Churra da Terra Quente (terrinchas) por acção de coalho de origem animal.

Particularidades

As particularidades distintivas do queijo Terrincho devem-se, sobtretudo, às condiçoes edafo-climáticas particulares da região de produção associadas a um maneio tradicional que contribuem para que as ovelhas terrinchas produzam um leite, com características únicas, transformado com a arte e o saber fazer ancestral das gentes locais que têm transmitido ao longo das gerações o seu conhecimento.

História

Desde há muito que se considera que as ovelhas da raça Churra da Terra Quente são excelentes produtoras de leite, dando origem a um queijo muito apreciado em todo o país e conhecido como Terrincho. Esta raça expandiu-se a partir do século XIX e hoje constitui 98% do efectivo ovino no Vale do Douro Superior. A alimentação natural destas ovelhas, em condições ecológicas particulares e associado a um maneio tradicional, define e mantém a especialidade do leite e queijos produzidos na região.

Saber fazer

Após a ordenha, filtra-se o leite, aquece-se à temperatura de coagulação e junta-se-lhe o coalho. Deixa-se repousar até coalhar. Deita-se então a coalhada em coadores e pressiona-se com as mãos por forma a sofrer um ligeiro esgotamento do soro. A massa é então colocada nos aros (formas / cinchos) continuando a fazer-se pressão até a coalhada se transformar numa massa massa compacta. São então ainda sujeitos a uma prensagem para esgotamento total do soro. Por fim, retiram-se os queijos dos aros , salgam-se e segue-se a cura (minimo de 30 dias), período durante o qual os queijos são lavados e virados diversas vezes.

Produção

O “queijo Terrincho" é produzido na área geográfica constante do Despacho nº 16/94, II Série, de 26-01 - Reconhecida a Denominação de Origem pelo Despacho nº 16/94, acima mencionado /// Registada e protegida a Denominação de Origem "Terrincho” para Queijo pelo Regulamento CE nº 1107/96 de 12-06 - JO L 148/1 de 21/06/1996. /// Aviso n.º 7217/2016 , 2ª série, de 07 de junho - Pedido de alteração das especificações de Queijo Terrincho DOP - As alterações solicitadas, publicadas em anexo ao aviso referido, contemplam a descrição do produto, prova de origem, método de obtenção, relação, rotulagem e estrutura de controlo. /// Despacho n.º 13349/2016 - DR.2ª série, nº 215, 09/11 - Concede proteção nacional transitória e é aplicável aos pedidos de alteração, na parte que respeita às alterações que se pretendem introduzir (Duvida-se da eficácia deste despacho na medida em que a Regulamentação Comunitária não prevê a concessao de protecção nacional transitória aos pedidos de alteração) ////// AGUARDA, DESDE 2016, DECISÃO POR PARTE DA COMISSÃO EUROPEIA QUANTO AO PEDIDO DE ALTERAÇÃO AO REGISTO COMUNITÁRIO DA DOP EM CAUSA TENDO, INCLUSIVAMENTE, O CADERNO DE ESPECIFICAÇÔES ENVIADO EM 2016 SIDO JÁ SUBSTITUÍDO ( POR ORIENTAÇÃO DA COMISSÃO EUROPEIA).

Área geográfica de produção

Distritos

BRAGANCAGUARDAVILA REALVISEU

Concelhos

ALFANDEGA DA FECARRAZEDA DE ANSIÃESFIGUEIRA DE CASTELO RODRIGOFREIXO DE ESPADA A CINTAMACEDO DE CAVALEIROSMIRANDELAMOGADOUROS. JOÃO DA PESQUEIRATORRE DE MONCORVOVALPAÇOSVILA FLORVILA NOVA DE FOZ COA

Freguesias

ALAALGODRES FCRAMENDOEIRABAGUEIXEBORNESBURGACARRAPATASCASTANHEIRO DO SULCASTELÕES MCDCHACIMCORTIÇOSCORUJASERVEDOSA DO DOUROESCALHÃOESPINHOSAFONTE LONGA MDAGRIJÓ MCDLAGOALAMALONGALAMAS DE PODENCELOMBOLONGROIVAMACEDO DE CAVALEIROSMATA DE LOBOSMEDAMORAISNAGOSELO DO DOUROOLMOSPEREDOPEREIROS SJPPODENCEPOSSACOSPOÇO DO CANTORIO TORTO VLPS PEDRO DE VEIGA DE LILASALSELASSANTA COMBINHASESULFESOUTELO DO DOUROSÃO JOÃO DA PESQUEIRATALHASTALHINHASTREVÕESVALE BENFEITOVALE DA PORCAVALE DE FIGUEIRA SJPVALE DE PRADOSVALES VLPVALONGO DOS AZEITESVALPAÇOSVEIGA DE LILAVILAR DE AMARGOVILAR DO MONTE MCDVILARINHO DE AGROCHÃOVILARINHO DO MONTEVILAROUCOVINHASVÁRZEA DE TREVÕES

Forma de utilização / Conselhos de uso

Consumido tal qual, partido em fatias finas, como sobremesa ou entrada, e com pão às pequenas refeições.

Ingredientes

Leite de Ovelha

Coalho animal

Sal

Forma

CILÍNDRICA

Altura

de 3,00 a 6,00 cm

Diâmetro

de 13,00 a 20,00 cm

Peso

de 800,00g a 1,20kg

Cor Exterior

AMARELO-PALHA

Cheiro

SUAVE

Textura Exterior

LISA

Cor Interior

BRANCA

Consistência

SEMIDURA

Textura Interior

UNIFORME

Preço indicativo / unidade

16,00 €

Apresentação Comercial

o Queijo Terrincho DOP apresenta-se no mercado inteiro, pré - embalado ou não, na origem, devidamente rotulado. Quando fraccionado apresenta-se sempre pré-embalado

Condições de conservação / Durabilidade

temperatura - entre 5º C e 12º C; humidade relativa - entre 80% e 85%; tempo mínimo - 30 dias. (Tem uma durabilidade entre 6 a 8 meses quando observadas as condições de conservação)

Disponibilidade ao longo do ano

Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

Bibliografia/Fonte

Caderno Especificações Queijo Terrincho (DOP); Quinta da Veiguinha - Queijaria Artesanal, Lda

© Copyright 2017 ptpt.pt
Developed by Impactwave