Produtos

COUVE PENCA DE CHAVES

Tipo

Produtos hortícolas

Descrição

A Couve Penca de Chaves, também conhecida por Couve Tronchuda ou Couve Troncha, é a parte comestível (pé, folhas, olho) da Couve Portuguesa – Brassica oleracea variedade tronchuda. Esta couve é uma planta de tamanho grande, de caule grosso a médio longo, com cicatriz foliar grande, com 10 a 12 folhas grandes de pecíolo e folha grande de forma arredondada, elíptica ou reniforme, de cor verde a verde clara, com margem sub-inteira ou crenada, de muitas nervuras brancas em ambas as paginas.

Particularidades

Pseudo repolho central muito grande, elíptico ou irregular.

História

Dos produtos alimentares vegetais produzidos na região de Trás-os-Montes tem grande importância a couve penca (ou panca ou troncha ou tronchuda), cuja produção e qualidade estão altamente dependentes das condições climáticas. Desde há muito que esta produção é realizada nas várzeas dos rios que atravessam a região do Alto Tâmega e noutros terrenos e hortas. Ao contrário de todas as outras produções hortícolas, não é afectada pelas geadas, tirando antes grande vantagem destas, uma vez que a textura se altera tornando-a menos rija e fibrosa, mais agradável para a alimentação, como refere o Cónego Dr. António Figueiredo em artigo publicado na revista Brigantia: “(…) a importância vem não só da alta e própria qualidade destas plantas mas da escassez de alimentos hortícolas na área das geadas constantes e fortes.” A notoriedade, consequência das características únicas e muito apreciadas da Couve Penca de Chaves, fez com que este produto atingisse a reputação de que goza hoje em dia. Esta reputação está bem patente na procura que este produto tem, em todo o país, principalmente na época natalícia, em que as couves fazem parte de pratos tradicionais.

Saber fazer

A produção da Couve Penca de Chaves é grandemente influenciada pelo clima. As melhores produções obtêm-se com temperaturas baixas e em terrenos férteis e húmidos. Os solos indicativos devem ter elevada capacidade para a retenção de água mas também a drenagem suficiente para que se evitem excessos.

Área geográfica de produção



Concelhos

CHAVESBOTICASMONTALEGREVALPAÇOSVILA POUCA DE AGUIARVINHAIS

Forma de utilização

Aproveita-se toda: o pé, a que se chama tronchos, as folhas de dentro e o tenríssimo olho. Com ela se fazem caldos; cozidas acompanham tudo; guisadas, só ou acompanhando outros produtos; o olho faz um arroz delicioso.

Calibre

de 1,00 a 1,00 kg

Apresentação Comercial

Inteira ou partida em metades ou quartos, desde que devidamente embalada. As embalagens utilizadas permitem uma boa visualização do produto e não alteram as suas características.

Condições de conservação / Durabilidade

conservam-se em local fresco ou no frigorífico, durante cerca de 8 dias

Disponibilidade ao longo do ano

Jan
Fev
Mar
Abr
Mai
Jun
Jul
Ago
Set
Out
Nov
Dez

Bibliografia/Fonte

Cooperativa Agrícola Norte Transmontano e Municipio de Chaves

© Copyright 2021 ptpt.pt